Notícias

A CASA

      logo acasa      

               Vivemos um momento grave em que os princípios de tolerância, respeito às diferenças e aos direitos individuais vêm sendo desmerecidos e relativizados em pleno debate eleitoral. Um discurso com viés autoritário prega soluções simplistas para os problemas do Brasil, à margem da institucionalidade democrática, quando não ousa dizer que a democracia seria ela mesma, um entrave. O Instituto a Casa não poderia deixar de posicionar-se, pois Saúde e democracia são temas caros à nossa própria historia. Faz 40 anos que nos dedicamos ao tratamento, à formação de profissionais e à pesquisa em Saúde Mental. Nossa trajetória coincide com o período de redemocratização do Brasil e com os esforços para   implementar um sistema de saúde à altura dos desafios da sociedade, marcada por enormes carências e necessidades. Desde o lugar que ocupamos como alternativa pioneira às praticas asilares, procuramos construir um pensamento clínico e teórico que se volta para compreensão da subjetividade e suas formas de expressão e sofrimento no mundo contemporâneo.   Pensamos a promoção de saúde no sentido mais amplo, multidimensional e não apenas normativo ou adaptativo.   Trabalhamos para dar voz ao que é “próprio” e “singular” em cada individuo, de modo que ele possa ser reconhecido, incluído, valorizado.   Neste sentido, o respeito à diversidade (étnica, cultural, de gênero, religiosa) não é apenas uma bandeira ( de grande relevância na sociedade atual), mas a base concreta e a matéria prima do trabalho clínico que realizamos. Por estas razões, inclusive, estaremos atentos ao desdobrar da cena política, em vigília permanente ate o desfecho do atual processo eleitoral ( e se for preciso, para além dele).

INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO E PESQUISA DA SAÚDE MENTAL E PSICOSSOCIAL “A CASA”

Rua Dr. João Maia, 118 – Aclimação – São Paulo – CEP 04109-130 – Fone (11) 5574.0677

www.acasa.com.br   E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

APRIMORAMENTO NA CLÍNICA DAS PSICOSES 2019!!!

 

 

 

Formação na Clínica das Psicoses e Psicopatologias Contemporâneas

 

O Instituto A Casa vem se especializando, desde sua fundação em 1979, na formação de profissionais na clínica das Psicoses e psicopatologias contemporâneas (neuroses graves e narcísicas; depressões e melancolia; assim como o espectro borderline)

Nossa equipe clínica do Hospital-dia do Instituto A Casa é pioneira na história da clínica de atendimento de famílias, grupos e análise institucional. Temos como tarefa principal a prática de dispositivos clínicos que propiciem caminhos diferentes e novas significações para as diferentes formas de sofrimento psíquico.

 

Oferecemos: A) O Aprimoramento, que inclui as aulas teóricas, o estágio supervisionado, e experiência em Terapia Ocupacional. B) Curso Teórico Cínico, com aulas teóricas e a possibilidade de participação nos grupos de Supervisão e/ou Terapia Ocupacional.

 

 

  1. A)Aprimoramento

Curso com duração de 11 meses: início em março, férias em janeiro, término em fevereiro de 2020.

  1. 1)Estágio de prática clínica nos grupos propostos;
  2. 2)Dois módulos semestrais teóricos/clínicos;
  3. 3)Supervisão Clínica da prática institucional;
  4. 4)Experiência da prática da Terapia Ocupacional.

 

B) Curso Teórico Clínico

Curso com duração de 8 meses: de março a junho, e de agosto a novembro.

 

Os Cursos Teóricos Semestrais

1 semestre:           1) Psicoses, Neuroses e Estados Limites (border-line);

2) Teoria da técnica em psicanálise; o lugar ético de quem exerce a clínica; situação Psicanalítica, enquadre, transferência e contratransferência (1).

                2 semestre:           1) O grupo como paradigma e a clínica institucional.

2) Teoria da técnica em psicanálise; o lugar ético de quem exerce a clínica; situação Psicanalítica, enquadre, transferência e contratransferência (2).

 

 

 

Investimento:

Aprimoramento: 11 parcelas de 550,00.

Módulos teóricos/clínicos: 8 parcelas de 280,00.

                com superviåo: 8 parcelas de 350,00.

                com Terapia Ocupacional: 8 parcelas de 350,00.

 

 

Coordenadores:

Sonia Ferrari: terapeuta ocupacional, diretora do Instituto

Patrícia Penteado: psicanalista e coordenadora de grupos.

Fernando Ramos: psicanalista e coordenador de grupos.

Davi Flores: psicanalista e coordenador de grupos.

 

 

 

Os interessados devem enviar o currículo para O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ou O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. .

Será realizada entrevista com um dos coordenadores.

Início fevereiro de 2019.

Instituto “A Casa”

Direção: Beatriz Aguirre, Sonia Ferrari, Regina Von Atzingen

Direção do Departamento de Formação: Beatriz Aguirre

Nota de Repúdio

Nota de Repúdio

 

O departamento de Acompanhamento Terapêutico do Instituto A CASA vem por esta nota repudiar as ações violentas e discriminatórias, impetradas pela atual gestão da Prefeitura Municipal de São Paulo e pelo Governo do Estado de São Paulo às pessoas em situação de rua e àquelas com intenso sofrimento psíquico, como os usuários de álcool e outras drogas.

 

Está sendo corriqueira, por estas duas instâncias, a apropriação indevida dos corpos desses sujeitos fragilizados e de seus pertences, com o objetivo de promover a limpeza da cidade e invisibilidade da miserabilidade.

 

Sabemos que a questão da assistência à essas pessoas é complexa e políticas públicas inclusivas são fundamentais. Vários setores da sociedade civil têm se mobilizado para a propositividade de ações que visam a dignidade e respeito dessa população.

Desde janeiro de 2017 há um constante desmonte de projetos e programas sociais, culturais e de saúde à população, havendo um enorme retrocesso, no que tange ao cuidado, assistência e acessibilidade.

 

A criminalização do uso de drogas e a marginalização das pessoas em situação de rua, marca uma política higienista, excludente e violenta.

A Equipe de ATs do Instituto A CASA defende uma posição contrária à toda forma de violência que está sendo imposta à população, pelos órgãos públicos das gestões atuais.

 

 

Pesquisa no site

Convênios

convenios